Sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2009
Cá vou indo...

 

Seroxat
 
Sabem o que é?
É um antidepressivo.
 
Fui apanhada na curva, por uma depressão pós-parto. Nunca pensei acontecer e logo no segundo filho...com tanta experiência etc...etc...
Tomei durante um ano. Terminei há poucos dias.
 
Infelizmente terminei, porque a vontade que dá é nunca mais parar. É viciante. Uma verdadeira droga que nos faz ver o mundo de uma maneira tão boa, que sabe tão bem…
 
É verdade, o que escrevo é bem verdade…pode até ser um pouco chocante, mas é assim. E a diferença já se começa a sentir. Nervos á flor da pele, tudo me irrita…tudo me enerva…
 
No tempo do Seroxat…
A minha reacção perante, por exemplo, uma máquina de roupa que ficou esquecida por estender, era imediata, eficaz, simples e directa…um pequeno sorriso do tipo “ olha, esqueci-me” e num ápice, volta a por detergente e a carregar no botão. Lava de novo e logo se estende.
 
Incrível não era?
 
Hoje, fico louca de raiva…pareço uma barata tonta sem saber o que fazer…lamento a minha vida e a minha cabeça ocupada…sem reacção. Estúpida mesmo.
 
E existem muitas mais situações….no trabalho por exemplo.
 
Regressar ao trabalho, depois de 8 meses em casa, e com a agravante de ter saído com situações mal resolvidas, algumas frustrações, etc.
Regressei com um grande sorriso, uma beleza natural a saltar por todo o lado e que espantava todos. Uma alegria exagerada até.
E quando me perguntavam como estava, eu respondia:
“ Muito bem…sou feliz…tenho dois filhos lindos e saudáveis e um marido que me ama…o resto não importa”.
 
 E este foi sempre o meu pensamento…durante este último ano. O mundo, espectacular, à minha volta…a minha vida um bem sagrado…e eu uma privilegiada…
 
 
Hoje, começo a sentir os problemas a emergir daqui e dacolá. Os desacatos com o marido começam a espreitar, as frustrações, no trabalho a dar sinal de si…Um acordar lento para a vida real….a crise estampada nos rostos de todos…se calhar também na minha.
 
 
 E agora, quando me perguntam como estou, eu respondo:
 
“Cá vou indo”
publicado por eueosmeus às 14:00
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2009
Sol

Olá meu querido sol...

que me enches de boa disposição...

que boooom!!!!

 

Adoro o sol...o calor... a luz.

O que eu sofri estes dias todos enfiada em casa... e com uma vivenda ainda por cima. E mais...na zona de Mafra com uma humidade do caraças...bolas!!!

A minha rica casa a transpirar bolor por todos os lados.

 

E os dois pirralhos em casa?...saturados de televisão e jogos de computador.

 

E eu que sou toda natureza?...que vivo em função do sol.

 

 

LIMPEZA GERAL...paredes lavadas e janelas abertas....e tu meu querido sol...a entrar, tão radioso e quentinho. QUE BOOOOOOMMMM!!!!!!

 

 

De agora até Novembro...vai ser o máximo...eu e tu ....

 

 

 

sinto-me:
publicado por eueosmeus às 13:58
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 2 de Fevereiro de 2009
Fertilidade

 

Acompanho muitos blogues sobre infertilidade.
Sofro com a dor desses casais.
E sofro não porque alguma vez tenha passado por isso, mas porque estou do outro lado….do lado oposto. Porque conheço a felicidade de ser mãe…porque já conheci essa felicidade duas vezes…e porque posso sentir essa felicidade mais vezes…basta eu querer.
 
Já ouvi um médico dizer-me:
- Você engravida só com o ar…se quiser.
 
Tal a minha fertilidade…imaginem.
Ovulações certinhas ao dia, óvulos a saltarem que nem pipocas…é assim o meu organismo.
 
Sei o dia em que cada filho meu foi concebido e até, acreditem, a grande probabilidade do seu sexo. Parece ironia…chega a ser irritante…para quem me lê…acredito. Mas sou assim …é assim o meu organismo.
 
A minha dor é não poder partilhar…dar um pedacinho deste metabolismo…como quem partilha um prato de comida com quem tem fome… ou um copo de água com quem tem sede.
E pronto…fico assim…inactiva a assistir…
 
É uma sensação estranha…acreditem.
 
Imaginem alguém precisar de alguma coisa que vocês têm em excesso…e até não precisam. E que isso faria alguém tão feliz.
 
Bem pelo menos fica o consolo de saber que os meus filhos são desejados, planeados e muito amados. Sim porque há muitas que, assim como eu, os podem ter e na inconsciência e no facilitismo com que isso acontece…não os querem.
 
Fiz este post, porque sempre quis dizer a esses casais que tanto sofrem, que estou com eles. Mas nunca tive coragem de deixar comentários nos seus cantinhos…com o receio de ainda aumentar mais o seu sofrimento.
 
Força para todos...os que estão a passar por isso.
publicado por eueosmeus às 11:15
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. novidades são

. 38

. 8 anos....meu principe

. 4 anos de princesa

. limpeza...

. 2012 - wellcome

. Varicela

. dois tempos....

. este é um assunto que sem...

. Quiquicola

.arquivos

. Agosto 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.links
.Tá aí alguém?
online
blogs SAPO
.subscrever feeds